Palavra 

Polícia Militar de Minas Gerais

Batalhão de Radiopatrulhamento Aéreo

Aeronaves


                       A Frota de aeronaves da Polícia Militar, denominada Esquadrilha Pégasus, é composta por 5 helicópteros modelo AS 350 B2 - Esquilo, 01 helicóptero modelo Bell 206 B - Jet Ranger III e um avião turbo Hélice King Air C-90.

                       O primeiro modelo é considerado a aeronave ideal na sua categoria para as atividades desempenhadas pelo Batalhão de Radiopatrulhamento Aéreo por se adaptar muito bem nas configurações policial e de socorro público.  

                       Fabricado com o que há de melhor em tecnologia, é um modelo monoturbina (motor à reação) bastante potente, com ótima capacidade de carga, espaço interno invejável e considerável autonomia de vôo.

                       Versátil, econômico e de baixa manutenção, recebe a instalação de equipamentos, que além das atividades policiais é capaz de ser empregado com sucesso em operações de salvamento, transporte de carga externa, combate a incêndio florestal e patrulhamento noturno.

                       Transporta rapidamente até 6 pessoas (1 piloto + 5 passageiros) a uma velocidade contínua aproximada de 200 Km/h, sem a necessidade de reabastecimento por aproximadamente 660 Km, sendo capaz de pousar e decolar em áreas com dimensões mínimas.

                       Já o modelo Bell 206 Jet Ranger III, apesar de ser operacionalmente mais limitado para a atividade policial e de defesa civil, eventualmente também é empregado na atividade fim.

                       Com capacidade para 5 pessoas e autonomia semelhante ao Esquilo B2, também é configurável com equipamentos específicos utilizados na atividade aérea policial. 

                       Contudo, sua atual utilização na Unidade encontra respaldo maior na instrução e formação de pilotos sendo prioritariamente utilizada para esta função.

                        Esta aeronave, também equipada com motor à reação, proporciona uma transição mais gradativa dos pilotos para o Esquilo B2, que é a aeronave multimissão mais utilizada pelo batalhão. 

                       O Avião King Air C-90 é um bi-motor capaz de transportar até 7 pessoas a uma velocidade de 450 Km/h.

                       É um ótimo instrumento para transporte rápido de tropa especializada em caso de rebeliões e seqüestros, transporte de órgãos para transplantes, ações de defesa civil, dentre outras.

                       Opera noturno praticamente sem restrições e oferece respostas rápidas às necessidades da Polícia  Militar de Minas Gerais nas diversas missões em que o tempo de deslocamento e a capacidade de transporte de passageiros são fundamentais para um desfecho favorável. 

  Aeronaves