Palavra 

Polícia Militar de Minas Gerais

separe os e-mails por vírgula

Novos investimentos na PMMG

06/07/2018

O Governo de Minas divulgou nesta sexta-feira (06) três novas ações na área de segurança pública. Além da apresentação das instalações do Centro de Inteligência e Operações Estratégicas (CIOE), foi anunciada a criação de uma Central de Bloqueio de Celular (CBLOC) e a expansão das bases de segurança da Polícia Militar para o interior. 
 
O Centro de Inteligência e Operações Estratégicas (CIOE), implantado na Cidade Administrativa, em Belo Horizonte, irá integrar em um só local as coordenações de atendimento ao cidadão - por meio dos serviços de emergências 190 da PMMG, 193 Corpo de Bombeiros e 197 da Polícia Civil, setores de planejamentos de segurança e de inteligência de todo o sistema de segurança, despacho de viaturas, entre outras ações da rotina.
 
São três andares com mais de mil profissionais em atuação. A operacionalização do complexo começará aos poucos para evitar qualquer tipo de impacto ao cidadão. A partir dessa sexta, passa a operar tecnicamente 24 horas por dia, sete dias por semana, a Sala de Coordenação do CIOE, de onde 12 instituições poderão tomar decisões rápidas e inteligentes.
 
Com uma área de 250 m², a sala de coordenação do Centro Integrado de Segurança Pública tem 80 monitores, 24 painéis e 2 televisores. As telas vão mostrar, em tempo real, mais de 1.100 pontos monitorados por câmeras espalhadas por Belo Horizonte, região metropolitana e rodovias MG-010, BR-040 e Anel Rodoviário. “A entrega desse equipamento tecnológico representa um ganho muito significativo para a instituição já que todas as coordenações e controles de operações passam a ser feitas de um único ponto, oferecendo mais modernidade à atuação policial e mais agilidade no atendimento da população”, destacou o Diretor de Apoio Logístico da PMMG, Coronel Hércules de Paula de Freitas. 
 
Durante visita ao local, o governador Fernando Pimentel destacou que o CIOE facilitará o acompanhamento das ações de segurança, especialmente em um caso de crise. “Foi um investimento grande, é um passo importantíssimo para melhorar ainda mais a segurança, especialmente aqui na capital”, afirmou.
 
O Governo de Minas anunciou também a criação de uma Central de Bloqueio de Celular (CBLOC), serviço destinado à redução do número de roubos e receptação de celulares no estado. A Central vai operar um sistema online, hospedado na página da Secretaria de Segurança Pública, no qual o cidadão vai solicitar o bloqueio do seu aparelho celular em menos de três cliques, fornecendo apenas o número do celular e dados pessoais. Recebendo essa solicitação, do outro lado da “conexão” estarão profissionais da Secretaria que vão providenciar a inutilização do aparelho junto à Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) em até 24 horas. 
 
Também acompanharam o governador durante a visita ao Centro de Inteligência e Operações Estratégicas o Comandante-geral da Polícia Militar, Coronel Helbert Figueiró de Lourdes, o Secretário de Estado de Segurança Pública, Sérgio Menezes, e o Chefe da Polícia Civil, João Octacílio Neto, além de integrantes dos órgãos envolvidos nas ações.
 
Balanço
 
Ainda no Centro de Inteligência e Operações Estratégicas, durante coletiva de imprensa para apresentação dos resultados obtidos pela Segurança Pública que fizeram com que Minas alcançasse, por exemplo, a menor taxa de homicídios dos últimos sete anos (18,1 crimes para cada 100 mil habitantes), o Comandante-geral da PMMG, Coronel Helbert Figueiró, destacou os avanços na corporação que contribuíram para a melhoria da segurança dos mineiros. 
 
Segundo o Comandante-geral, entre 2015 e abril de 2018, foram incluídos 5.399 novos policiais e, apenas neste ano, autorizadas 1.992 vagas para ingresso na instituição. Ao todo, 1.045 militares foram realocados da atividade-meio para a atividade-fim, e cinco novas sedes de batalhões foram inauguradas.
 
A PMMG adquiriu ainda 2.603 novas viaturas de 2015 a 2018, mediante processos de locação e aquisição, em um investimento de R$ 326 mil. Também foi feito um investimento de R$ 3,6 milhões para aquisição de 2.065 novos armamentos para a corporação, além da implementação de aplicativos de suporte ao serviço policial.  
 
Com relação a expansão das bases de segurança anunciadas pelo Governo, o Coronel Helbert Figueiró destacou que foram adquiridas 120 novas bases para o interior. “A bases estarão em locais de grande fluxo de pessoas e veículos, favorecendo a proximidade do policial militar e o cidadão. Elas serão destinadas no segundo semestre deste ano para os municípios de Contagem, Betim, Ribeirão das Neves, Ibirité e Vespasiano, na Região Metropolitana de Belo Horizonte, além dos municípios de Uberlândia, Uberaba, Montes Claros e Juiz de Fora”, afirmou.

Autor: PMMG