Palavra 

Polícia Militar de Minas Gerais

separe os e-mails por vírgula

PM socorre feridos de confronto em fazenda em Capitão Enéas

09/03/2018

Acionada, a Polícia Militar compareceu à Fazenda Norte América, na tarde de quinta-feira (08), onde ocorreria um confronto no assentamento rural lá situado. Ante o exposto, foi montada uma operação, para fazer frente ao fato, que contou, além das equipes policiais da cidade de Capitão Enéas, também com reforço de militares do município de Montes Claros. Segundo informações de testemunhas, teria chegado ao local um caminhão-baú, junto a outros 03 (três) veículos de passeio, com vários homens que, ao desembarcarem, começaram a atirar contra os assentados.

Os policiais militares,  durante o deslocamento para o local dos fatos, depararam-se, já nas imediações da fazenda, com uma pessoa caminhando e um veículo transitando na via. Procedida à abordagem ao carro, constatou-se que um homem de 31 anos, identificado como líder do movimento “Frente Nacional de Luta”, estaria sendo socorrido ao hospital pelo fato de estar gravemente ferido, apresentando intenso sangramento, proveniente de um disparo de arma de fogo que, segundo a própria vítima, teria sido desferido um homem de 30 anos.

Dada a urgência na prestação de socorro à vítima, tendo em vista a gravidade da lesão, equipe policial prestou os primeiros socorros e a conduziu até um hospital da cidade, onde ficou sob cuidados médicos até ser encaminhada a Montes Claros. Em continuidade ao deslocamento até a fazenda, verificou-se que o referido suspeito, ao perceber a presença policial, adentrou em um matagal e voltou com as mãos para o alto, entregando-se aos policiais.

Neste mesmo momento, uma mulher de 40 anos, proprietária da fazenda, aproximou-se da viatura e, ao ser perguntada sobre o que faria no local, disse que teria sido informada da ocorrência acontecida em sua propriedade e teria ido até lá com o fim de verificar a situação. A mulher, que é ex-companheira do proprietário da fazenda, se comprometeu a prestar esclarecimentos na delegacia.

Em continuidade às diligências, equipes policiais cortaram os arames da cercas da fazenda, para que as viaturas adentrassem ao local com vistas a socorrer outras possíveis vítimas. No interior da fazenda, policiais militares depararam-se com pessoas feridas e algumas amarradas com cordas. Durante este resgate, foi abordado, já saindo do local, dirigindo um veículo VW GOL, de cor vermelha, um homem de 55 anos, que se apresentou como advogado dos proprietários do estabelecimento rural, tendo ele ficado detido para prestar mais esclarecimentos sobre o caso e seu envolvimento, fato ocorrido com a prévia ciência do órgão competente. Durante busca pessoal, foi encontrado, em seu poder, um distintivo da Polícia.

SAMU e Corpo de Bombeiros Militar foram acionados a comparecerem ao local e, ao chegarem, iniciaram o atendimento de 05 vítimas que apresentavam lesões pelo corpo.
No transcurso das diligências, foi constatado que toda a sede da fazenda havia sido revirada e que os pertences dos assentados estavam espalhados, tendo sido feita uma fogueira com documentos e outros objetos a eles pertencentes. Foram localizados, ainda, 06 funcionários da referida fazenda, tendo sido estes reconhecidos pelas vítimas como integrantes do grupo de agressores responsável pelo ataque e que seriam, segundo eles, contratados dos proprietários da fazenda.

Foram presos e encaminhados à delegacia um jovem de 18 anos, um homem de 31 anos, e outro homem de 32 anos (conta com passagens por homicídio tentado, ocorrido na Fazenda Norte América), um homem de 42 anos (oriundo do Pará), um senhor de 51 anos (oriundo do Maranhão) e um homem de 53 anos, bem como foi apreendida uma arma de fabricação artesanal, tipo garrucha, próximo ao local onde eles se encontravam. Com o infrator A. B. S. foi apreendido um cartão de memória, um pen drive e a quantia de R$ 400,00 (quatrocentos reais) em moeda corrente.

À medida que as informações eram coletadas, várias diligências foram procedidas e, em uma delas, foi abordado e preso, em uma estrada vicinal que dá acesso à da LMG 657 (estrada da produção), o veículo caminhão VOLKSWAGEN, na cor branca, conduzido por um homem de 33 anos (que conta com passagens por roubo, tráfico ilícito de drogas, receptação e acidente de trânsito com vítima), que seria o encarregado pelo transporte dos responsáveis pela ação criminosa até uma fazenda das proximidades do local dos fatos.

No interior do caminhão foram encontrados 01 touca ninja, 01 rádio comunicador, 02 aparelhos de telefone celular e a quantia de R$ 270,00 (duzentos e setenta reais) em moeda corrente. O homem de 33 anos  relatou que havia recebido a quantia de R$ 400,00 (quatrocentos reais), de um homem, para prestar auxílio na fuga dos infratores até uma fazenda que fica nas proximidades do local dos fatos, tendo este homem lhe confiado as chaves do lugar. Ainda segundo o motorista, um advogado teria se reunido com os responsáveis pela ação criminosa em uma sala, a portas fechadas, possivelmente para tratar da ação perpetrada pelos conduzidos.

Diante desta informação, equipes policiais deslocaram-se até a fazenda indicada pelo motorista, realizaram buscas, sem, contudo, encontrar algo ilícito. Realizado contato telefônico com o proprietário da referida fazenda este, ao se questionado quanto às chaves da propriedade rural que estavam em posse do condutor, informou que, na quinta (08), por volta das 16h30min, teria entregue as chaves da propriedade para o advogado referido, tendo este dito que passaria a noite no local, alegou, ainda, que não tinha conhecimento que o advogado havia passado o molho de chaves a outrem, e que não conhece a pessoa com quem estas estavam.

Perícia técnica foi realizada nos veículos apreendidos que foram, posteriormente, liberados. Materiais ilícitos apreendidos e infratores presos foram informados dos seus direitos constitucionais, sendo apresentados sem lesões à autoridade policial para adoção das providências decorrentes. Face ao quadro exposto, a Polícia Militar incrementou o policiamento no local, com o emprego de várias equipes do Batalhão de área, do policiamento especializado e apoio da aeronave Pégasus. As ações e operações no local continuam.

 

Autor: PMMG