Palavra 

Polícia Militar de Minas Gerais

separe os e-mails por vírgula

Governador Valadares - Casal é preso com 32 pedras de crack e apreende mais R$ 3.600 e drogas escondidas

04/12/2017

Durante patrulhamento pelo bairro São Paulo, nas proximidades do beco da avenida Brasil, local conhecido pelo tráfico de drogas, guarnição visualizou alguns cidadãos aglomerados no interior do beco, como se estivessem realizando algum tipo de transação comercial.

Os militares desembarcaram e realizaram incursão a pé. Ao perceberem que seriam abordados, um casal tentou evadir, contudo foram abordados. Com a mulher de 22 anos foi localizado um celular motorola de cor preta, o qual não soube informar a procedência. Foi visualizado pelos militares o momento em que o indivíduo de 33 anos tentou dispensar no chão duas pedras de crack.

A partir daí, com autorização da proprietária da casa onde residem os abordados e local para onde estes tentaram evadir, franqueou a entrada. Durante as buscas no quarto da mulher, foi localizado várias sacolas plásticas, utilizadas para endolar entorpecentes, 32 pedras de crack. Dentro de uma bolsa de cor azul, também pertencente a mulher, foi encontrada a quantia de R$ 447,00 reais.

Perguntada sobre os materiais encontrados, a mulher não quis se pronunciar, contudo o homem informou que é dependente químico, que não tem controle da quantidade de drogas que consome diariamente e que, para manter seu vício, é necessário realizar suas correrias,  ajudando o suspeito na comercialização dos entorpecentes.

O casal foi preso e conduzidos juntamente com os materiais apreendidos, até a delegacia de plantão.

 
BAIRRO MÃE DE DEUS -  Durante patrulhamento, uma guarnição deparou com um casal de mãos dadas, sendo um rapaz de 16 anos e outra adolescente de 14 anos, estes que, ao avistarem a guarnição PM, demonstraram nervosismo e inquietação, agindo de forma suspeita. Foi realizada a abordagem e busca pessoal, sendo encontrado pelos militares, na cintura do menor um revólver calibre 32, no série 12592, carregado com sesi munições intactas.

Foi realizada busca pessoal na adolescente por uma policial feminina, onde nenhum ilícito foi encontrado, sendo liberada. Foi dada voz de apreensão em flagrante ao menor, sendo conduzido, juntamente com sua genitora, à delegacia de plantão.
 

BAIRRO PLANALTO - Durante retorno de uma diligência, os policiais militares depararam com a motocicleta Honda/CG 125 titan, cor vermelha, licenciada em Governador Valadares abandonada em um matagal as margens da avenida Grã Duquesa de Luxemburgo.

Em consulta junto ao Copom, verificou-se a sinalização de que a mesma havia sido  furtada. Ato contínuo foi acionado o auto resgate Cometa que removeu a motocicleta ao pátio credenciado. O proprietário foi avisado do fato.

BAIRRO VILA ISA - Durante patrulhamento, militares receberam denúncia anônima dando conta que um indivíduo em um carro preto, iria entregar certa quantidade de drogas para um traficante do bairro Primavera, e que o local de encontro seria na avenida Ibituruna, não especificando o nome do traficante que iria receber o entorpecente.

Ao aproximar da referida lanchonete citada na denúncia, a guarnição percebeu que um indivíduo, ao notar a viatura policial, entrou de forma brusca para o interior dela, tendo despertado nos militares a suspeita de que seria ele o responsável pela entrega.

Foi realizado busca em um suspeito de 30 anos, sendo encontrado em seu bolso uma chave de um veículo Fiat Siena, uma carteira e um telefone celular. Durante a busca pessoal, o suspeito começou a suar e tremer bastante, dando claros sinais de intenso nervosismo.

Os militares foram até o local onde se encontrava o veículo Fiat Siena, na cor preta, estacionado, sendo encontrado embaixo do banco do passageiro, um tablete maconha prensado de um quilo e 50 pinos de cocaína, pronta para venda.

Foi apreendido um celular LG que se encontrava no seu bolso, podendo conter conversas referente ao comércio dos entorpecentes e R$ 104,00. O veículo foi removido e encaminhado para o pátio credenciado auto socorro muriaé. O autor foi encaminhado à delegacia, juntamente com os materiais apreendidos.

BAIRRO VILA DO SOL - Um denunciante informou que estava em sua residência quando alguém na rua o chamou, e ao ir verificar pela sacada do andar de cima, viu três indivíduos, e entre eles reconheceu um home de 26 anos que estava acompanhado por outros dois indivíduos que não soube definir por nomes, mas soube dizer que andam rotineiramente com o homem mencionado.

De imediato, o homem sacou uma arma de fogo e efetuou um disparo em direção à vítima que o havia denunciado, dizendo em voz alta que o mataria. Após o primeiro disparo, os três indivíduos saíram correndo em direção a rua Ipanema, sendo perseguidos pela vítima.

Ao notar que estavam sendo perseguidos, efetuaram mais dois disparos em direção a vítima. O que não a intimidou, continuando a persegui-los até o desaparecimento deles próximo a rua Ipanema.

O motivo dos disparos e da ameaça seria uma dívida de R$ 20,00 em drogas que a vítima deve a gangue que teria saído a poucos dias da prisão. Concomitante a este fato, familiares da vítima acionaram a Polícia Militar e, com a chegada das primeiras equipes ao local, imediatamente a vítima indicou aos militares onde teria perdido seus ofensores de vista, que seria próximo a residência.

Ao adentrar a residência, militares depararam com duas menores de 17 anos, porém nenhum dos possíveis autores apontados estava no local e as menores afirmaram não tê-los visto, e que tinham acabado de chegar. Ao ser revistado o imóvel, foi encontrado em um quarto, debaixo da cama, uma sacola contendo crack, maconha e cocaína, estando a maior parte em invólucros pequenos, prontos pra venda, e em dois invólucros grandes estavam uma substância de consistência sólida aparentando ser crack, em estado bruto, para fracionamento.

Além disso, havia muitas sacolas plásticas usadas para embalar os entorpecentes e cartuchos deflagrados de calibres 9mm e 32. Foram encontrados ainda uma folha de papel, com alguns nomes e com a contabilidade de drogas da quadrilha chefiada pelo homem, e um aparelho celular iphone 6 plus dourado e muita quantidade de dinheiro, sendo em moeda nacional R$ 3.633 reais, e uma certa quantia U$ 44 dólares.

Foi também encontrado dentro do guarda roupa um coldre de arma de fogo. Todos os materiais, com exceção do coldre, foram encontrados na sacola. No local foi constatado lâminas de barbear, usadas no fracionamento de entorpecentes e uma substância semelhante a ácido bórico, também usada no preparo de entorpecentes.

Ao ser feita a consulta do aparelho celular, foi constatado que se tratava de produto de roubo, fato este que ocorreu na data de 28/11/2017 na rua Marataízes, bairro Vila do Sol (bem próximo ao endereço em que o material foi localizado) e que entre os bens roubados estariam U$ 44 dólares, um cordão de ouro com quatro pingentes e uma tv de 32 polegadas da marca samsung.

Coincidentemente, o aparelho celular daquela vítima e a quantidade exata de dólares estavam em poder do suspeito. Os demais produtos não foram localizados. A vítima relatou ser usuário de drogas e disse ter visto com integrantes da gangue do home, armas como garrucha e revólver, relatou ainda que a casa deste integrante funciona como ponto de venda de drogas e conta inclusive com câmeras de videomonitoramento, para captar imagens daqueles que chegam próximo a entrada. Ele seria comprador assíduo de drogas da gangue integrada pelo homem de 26 anos e outro de 22 anos. Os autores não foram localizados.

Autor: PMMG