Palavra 

Polícia Militar de Minas Gerais

separe os e-mails por vírgula

PM DESARTICULA QUADRILHAS DE EXPLOSÃO DE CAIXAS ELETRÔNICOS

07/11/2017

TRÊS INDIVÍDUOS ENVOLVIDOS NO ATAQUE A UBERABA SÃO PRESOS
 

Neste dia 07 de novembro, após o compartilhamento de informações entre os Serviços de Inteligência das Polícias Militares de Minas Gerais e Goiás, integradas com a Polícia Federal, houve a prisão de três indivíduos envolvidos no roubo a uma empresa de transporte de valores na cidade de Uberaba, no Triângulo Mineiro. São eles: Agnaldo Francisco da Silva Pereira, vulgo “Magna”, integrante do PCC (Primeiro Comando da Capital - São Paulo), que apresentou documento falso em nome Agnaldo Fernandes Lima; sua esposa, Camila Pereira da Silva; e Anderson Manoel de Souza, vulgo “Nativa”, também integrante do PCC.

Em poder dos presos foi apreendida grande quantidade em dinheiro, três pistolas semiautomáticas e vários aparelhos celulares. Com a prisão, as polícias darão continuidade às investigações, para que se chegue aos demais autores do assalto em Uberaba.

O Agnaldo, vulgo “Magna”, morava há um ano em Caldas Novas, em uma casa de alto padrão, fruto da participação de várias ações criminosas pelo país. Foram apreendidos também uma Range Rover, um Kia Cerato e uma camionete Toyota Hylux. Os três autores, juntamente com o material apreendido,  foram apresentados nesta tarde à imprensa da cidade de Goiânia - GO. Diante da prisão, o comandante da 5ª Região da Polícia Militar, Coronel Lupércio Peres Dalvas, juntamente com o chefe do 5º Departamento de Polícia Civil, delegado Hely Andrade, se deslocaram para Goiânia a fim de acompanharem a apresentação dos presos à imprensa e também traçarem diretrizes para a prisão dos demais autores.

Explicando como se deu o início das investigações:

Durante o atendimento da ocorrência de roubo na empresa de transporte de valores, um militar de Uberaba encontrou uma sacola com alguns papéis, sendo que um deles se tratava de um recibo de uma casa de ferragista existente na cidade de Araguari, em Minas Gerais. De posse desse documento a 5ª RPM acionou o Batalhão de Araguari para que averiguasse a situação. Na loja, um circuito interno de câmeras filmou um cidadão comprando cerca de 20 metros de corrente e dois cadeados, que foram pagos com cartão de crédito. Através dessas informações, a Polícia Militar, em conjunto com a Polícia Federal, conseguiu obter o endereço do autor “Magna”, em Caldas Novas. A partir daí, policiais militares do Batalhão de Caldas Novas foram acionados e montaram uma operação de cerco na residência, logrando êxito na localização das armas, do dinheiro e dos veículos e prendendo os três autores, que confessaram a participação no assalto em Uberaba.
 

MAIS RESPOSTAS DE PRISÕES E APREENSÕES NO INTERIOR


POLÍCIA MILITAR REALIZA PRISÃO DE AUTORES DE EXPLOSÃO DE CAIXA ELETRÔNICO EM ARAPUÁ.
 

Após intenso rastreamento e coleta de informações, militares de Patos de Minas, Paracatu e João Pinheiro prenderam 10 indivíduos que haviam participado da explosão a um caixa eletrônico na cidade de Arapuá, no Alto do Paranaíba, na madrugada desta terça-feira (07.11). Os policiais militares realizaram cerco e abordagem e conseguiram identificar o esconderijo dos autores na comunidade de Vila São Sebastião, distrito rural de Lajes, no município de João Pinheiro.  

Também foram apreendidas três espingardas calibre 12, um revólver cal.38, uma caixa contendo vários pregos conhecidos por "miguelito", certa quantidade de dinheiro em diversas cédulas que foram objetos do roubo, um artefato explosivo e três veículos utilizados na prática delituosa.

 

AÇÃO RÁPIDA DA POLÍCIA MILITAR RESULTA EM PRISÃO DE AUTORES DE EXPLOSÃO DE CAIXA ELETRÔNICO EM RUBIM - MG

Está em andamento uma ocorrência policial no município de Rubim, na região do Vale do Jequitinhonha. A Polícia Militar que estava em operação contínua, por quatro dias ininterruptos, localizou na tarde desta terça-feira (07), alguns assaltantes que tentaram explodir um caixa eletrônico, na madrugada do último dia 04, na cidade.  

Segundo levantamento preliminar, durante a abordagem os infratores atentaram contra a vida dos policiais militares com armamento de grosso calibre. Houve troca de tiros, que resultou em quatro indivíduos com lesão fatal, e dois presos, sendo que um está hospitalizado.

Até o momento, foram apreendidos dois fuzis 7,62, modelo Ak 47; uma submetralhadora; uma espingarda calibre 12; três pistolas 9mm; uma pistola .40; materiais explosivos; 13 placas de colete balístico e várias munições de diversos calibres.

Autor: PMMG