Polícia Militar de Minas Gerais

NONA REGIÃO DA POLÍCIA MILITAR

PROERD



 

O QUE É O PROERD?

É o programa Educacional de Resistência às Drogas que tem por objetivo prevenir o uso indevido de drogas e combater a violência entre jovens.

O PROERD é uma iniciativa da Polícia Militar de Minas Gerais, com base no Projeto D.A.R.E. (Drug Abuse Resistance Education), implantado inicialmente em Los Angeles/EUA, em 1983, atualmente presente em mais de 58 países do mundo.

 

COMO FUNCIONA O PROERD?

O PROERD é desenvolvido em parceria com escolar das redes estadual, municipal e particular de ensino, consistindo na aplicação de 10 lições às crianças e adolescentes que estejam cursando, respectivamente, às 4ª e 6ª Séries do Ensino Fundamental, em encontros semanais, ao longo de um semestre letivo.

As aulas são ministradas por policiais-militares fardados que, orientados por um livro especial, ensinam às crianças e adolescentes como reforçar a auto-estima, lidar com as tensões, resistir às pressões do ambiente, além de aprimorar o espírito de cidadania.

Ao final do Programa é realizada uma solenidade de formatura com as presenças dos pais, dos diretores/professores e de representantes da comunidade, oportunidade em que os alunos recebem um certificado de participação e se comprometem a ficar longe das drogas e da violência. 

 

QUAL A HABILITAÇÃO DO CORPO DOCENTE?

O Policial, professor do PROERD, é, acima de tudo, um voluntário selecionado a partir de critérios rigorosos que consideram, dentre outros aspectos, sua conduta moral, ética e profissional. 

Além disso, o policial militar passa por um treinamento no qual aprende a utilizar as ferramentas didático-pedagógicas específicas para a aplicação do programa e conta, ainda, com o apoio de profissionais ligados à área de prevenção, como médicos, psicólogos, pedagogos e outros, que dão suporte técnico às suas atividades. 

 

QUE RESULTADOS PODEM SER ALCANÇADOS? 

Pesquisas científicas feitas no mundo todo, por órgãos de renome, comprovaram a eficiência do PROERD ao constatarem as reduções da violência e do uso indevido de drogas entre jovens. Os valores éticos, morais e sociais trabalhados durante o curso, em conjunto - Família, Escola e pollícia Militar -, propiciam aos alunos melhores condições para dizerem não às drogas e à violência.

 

COMO AS ESCOLAS PARTICIPAM?

As escolas interessadas, por intermédio de seus direitores,  devem contactar com o Segundo Batalhão e formalizar a sua participação no programa, através da assinatura de um simples protocolo ou convênio.