Polícia Militar de Minas Gerais

NONA REGIÃO DA POLÍCIA MILITAR

53º BPM


 

 

 

BREVE HISTÓRICO DO 53º BPM

 

A Polícia Militar de Minas Gerais tem o início de sua trajetória, em Araguari, no ano de 1972, com a instalação da 4ª Companhia, do 4º Batalhão de Polícia Militar, situado na cidade de Uberaba, sob o comando do, então, 1º Tenente Sylvio Nunes de Azevedo. No ano de 1982, com o desmembramento do 4º Batalhão, com a criação e instalação do 17º Batalhão de Polícia Militar em Uberlândia, a 4ª Companhia passou a integrar essa nova estrutura orgânica, passando a ter a nomenclatura de 3ª Companhia, do 17º BPM.

 

Posteriormente, com nova alteração, passou a ter a designação de 93ª Companhia, sob o comando do 1º Tenente Alexander da Fonseca Barbosa.

 

Anos mais tarde, no dia 25 de agosto de 1993, com a publicação da Resolução 2939, de 18 de agosto de 1993, a companhia de Araguari adquiriu autonomia administrativa e operacional, recebendo a denominação de Nona Companhia de Polícia Militar Independente, tendo como seu primeiro comandante o Major Nísio José Soares.

 

Passados dezessete anos, já no fim do ano de 2010, estando sob o comando do Major Ailton Donisete de Souza, a Nona Companhia de Polícia Militar Independente foi elevada à categoria de Batalhão de Polícia Militar, com a publicação da Resolução nº 4119, no dia 29 de novembro de 2.010, que alterou o plano de Articulação e o Detalhamento e Desdobramento do Quadro de Organização e Distribuição (DD/QOD) da Polícia Militar de Minas Gerais.

 

Com a elevação à categoria de Batalhão, no dia 29 de novembro de 2010, a Unidade teve sua articulação operacional reformulada, criando-se 3 Companhias operacionais, sendo duas na cidade de Araguari e uma na cidade de Tupaciguara.

 

Apelido da Unidade: Inconfidente do Triângulo

 

Curiosidades:

O 53º BPM está articulado em três companhias operacionais, abrangendo as cidades de Araguari, Indianópolis, Grupiara, Estrela do Sul, Cascalho Rico, Araporã e Tupaciguara, além dos distritos de Dolearina e Amanhece. Atualmente no Quinquagésimo Terceiro Batalhão da Polícia Militar existem vários portifólios de serviços que são executados, dentre eles podemos citar: projeto rede de vizinhos protegidos e Programa Educacional de resistência às drogas e à violência (Proerd).

 

Outras informações:

O Quinquagésimo Terceiro Batalhão de Polícia Militar hoje é comandado pelo Maj PM Célio Márcio Tameirão Júnior e encontra-se inserido na área de responsabilidade da Nona Região da Polícia Militar.

Muitos são os feitos históricos da polícia militar, uma instituição que, norteada pelos pilares da hierarquia e disciplina, vem se solidificando como um dos mais importantes alicerces da soberania do estado de Minas Gerais, além de ser a mola propulsora na conquista e perpetuação da paz social.